.

.
“A Maioria das pessoas preferiria morrer à pensar; de fato, muitas o fazem.”

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Sou foda porque uso drogas. É?



Drogas: qualquer substância ou psicotrópico que altere o comportamento do sistema nervoso. " Eu uso droga , logo sou foda''. Esta é uma moda que vem de gerações e gerações e nunca some. Beber? é bonito. Fumar? é legal. Maconha? É foda. muita gente acha que não ter o controle da sua própria cabeça\não enfrentar os seus problemas é legal. " Bebo para esquecer os problemas". Partilho do seguinte pensamento, você é responsável pelos seus atos e se a sua vida está uma " merda" e cheia de problemas, a culpa é sua. " Ó, a culpa é minha de tudo, vou me drogar, porque não aguento mais''. Erro 2. Além da sua vida estar uma merda por culpa sua, você ainda não faz o mínimo de esforço para melhorá-la e só o que faz é afundá-la mais. Usar qualquer tipo de drogas para fugir dos problemas é um ato de covardia mascarado, assim como o suicídio. É muito mais fácil se matar do que enfrentar os problemas da vida, que na maioria você mesmo criou. É muito mais fácil se matar aos poucos. É muito mais fácil sair da realidade para entrar num estado em que tudo é festa. Mas espera, um dia você volta. Sempre volta, e lá estão os seus problemas. Conclusão? Só piora. Está com problemas, não aguenta mais? Se sóbrio você está com dificuldades, adiar o problema vai adiantas alguma coisas? Não. Logo, pare de ser covarde e assuma o seus erros e resolva seus problemas sem " expulsar " a sua consciência com qualquer tipo de droga. " Minha vida é até que legal, mas eu não sou muito animado, vou beber pra ficar melhor": caro colega, se você precisa de alguma coisa pra te animar, saiba que não é você que está se animando, até porque você já expulsou a sua consciência a muito tempo. Você tem que se animar com as coisas que a vida lhe proporciona. Parar e ficar rindo de uma planta, porque você está totalmente desequilibrado. Depois que o efeito acaba, é engraçado ? Ou você volta aquela vida monótona de sempre? Você realmente anima a sua vida, ou acha que anima ? Isso é viver novamente numa ilusão, porém um dia você tem que voltar. A vida tem que ser feliz por si só,  felicidade e animação são pontos de vista, um estado de espírito, logo? para que seja real, você tem que fazer isso num plano real. Então, pare de achar que animação não depende de você e sim de um fator externo, porque sim, depende de você; " Não, mas eu bebo porque eu sou foda". Se você é assim, eu não sei porque eu dediquei um tópico a isso, porque é babaquice total. Se pra você ser foda é: fugir de problemas, fazer merdas que você nem vai se lembrar no outro dia, vomitar, ficar de ressaca, ser admirado por outra cambada de amigos " nada espertos". Parabéns, você é foda. Agora eu pergunto, em que isso acrescente na sua vida? Você bebe, fuma. é feliz, é " foda" para o público mais babaca que você que acha que admira esse tipo de atitude, maaas, sua vida passa, você não faz mais nada de útil, seus neurônios te dão adeus, você não constrói nada, não atrai pessoas decentes para perto. Acaba com um ciclo de amizades saudável. Nossa. como você é foda. Logo ? Por favor, dê valor nas coisas que realmente interessam e que vão contribuir para o seu futuro de alguma forma e REVEJA seu conceito de " foda". " Eu bebo porque as meninas acham legal". depende de que meninas você está falando. Acorda, meninas não acham isso legal. A maioria delas você ainda pode chamar de decente, acham uma idiotice. Você acha que é legal beijar alguém com bafo de cerveja ? Você acha que é legal você ter que " levar alguém pra casa de porre'' ? Você acha que é legal ouvir as besteiras que vocês falam quando estão assim? Não, não é legal. Desfaça-se dessa doce ilusão." Rebeca, eu bebo socialmente''. Você bebe socialmente pra que? Pra ficar mais " alegre'' ? releia mais pra cima. Pra esquecer os problemas as vezes? Novamente, releia. " Cala a boca, eu não vejo problema nenhum em beber" Ok, me responda, qual a sentido de beber? A bebida é tão comum como chupar uma bala, mas tudo que é normal e tradicional é certo e deve ser aceito? Não acho que seja assim, você tem que viver, saborear o que a vida tem para você. Como perceber detalhes quando não se enxerga nada? Deixar alguém que você ama se afastar pelo simples fato de que a maioria das vezes que bebe, você não sabe nem quem é? Depois de tudo isso, quem ainda achar que é legal ou que tem algum sentido beber, está além da minha compreensão de mundo[talvez eu seja devagar demais]. " Remédios não são drogas ",  releia a definição. " Eu já seu o que preciso e que remédio tomar, pra que ir ao médico" Ah você sabe? Provavelmente o que você não sabe é que diversas doenças tem sintomas parecidos e o que define é a experiência de um médico ou em exame, ou seja, você não sabe ao certo de nada. " Eu não tenho tempo de ir ao médico por qualquer besteira" Ok, trabalhe muito, não tenha tempo pra nada. Dinheiro só tem valor quando se tem um corpo pra usufruir dele. " Preciso de remédio, se não eu entro em depressão mas acaba e o médico não me dá, mas ele tem que ver que eu estou bem'' O que te faz pensar que não é igualmente ruim ter uma depressão e depender de enormes doses se remédio que nem sequer não indicados? Maquiar a depressão? óh, grande vantagem. Esconder não é curar. ~Cigarro. " Eu fumo porque....". Por que você fuma ? Bebida de deixa mais feliz. Motivo facilmente banalizado, mas pelo menos tem um motivo, agora, porque as pessoas fumam? Sempre fiz essa pergunta a fumantes. Recebi duas respostas distintas: " voce é criança?" e " desestressa". Se ser criança for manter o pulmão o mais saudável que o ambiente possa fazer ele ficar, eu sou um bebê. Se ser adulto é fazer coisas sem aparente sentido nenhum, eu sou um bebê. Desestressa. tá, correr também desestressa. " mas eu não tenho tempo". Jogar video game desestressa, " eu não tenho tempo", Roer unhas desestressa. " roer unhas, está maluca", ENFIM, se você não tem tempo, ache um tempo. eu prefiro um dinheiro a menos no fim do mês e pulmões limpos no fim da vida. Ache um tempo para a sua saúde, porque ela sempre é colocada em segundo plano ? Parem de se auto-fuzilar internamente. Isso não é legal, você acha que é legal. Ainda mais se você estiver bêbado, aí vai ser mais divertido ainda.Então, se alguém tiver mais alguma pergunta que não recaia nessas me faça. Tenho uma conclusão pessoal que as pessoas podem ou não compartilhar. Foda, é viver até os 100. Legal, é ver os bisnetos crescerem e ainda presenciar o nascimento de tataranetos. Divertido, e não precisar de nada pra se divertir e rir à toa por bobeira, e não porque você tem alguma coisa no seu sangue induzindo àquilo. Chato, são os problemas. Problemas. Problemas. Muito chatos, porém, o que seria da vida se não houvesse problemas? Onde estaria a satisfação pessoal? Chato? sim, problemas são irritantemente chatos e a maioria deles você quem causa, mas toda a ação tem uma consequência. Se você não gostou dessa consequência e não mudar suas ações... isso gera um ciclo vicioso de problemas. Agora me responda, se você foge dos problemas, e não muda suas ações, com suas vida melhora? Não melhora. Há dias insuportaveis.  Mas se não houvesse, como saberíamos como é ter um dia bom ? Como você sabe se uma água está fria quando você nunca sentiu uma quente? A vida é uma evolução, de pensamentos, de ações. Seu destino é você quem dita, a felicidade depende de como você interpreta os fatos a sua volta. Isso não era pra ser um texto de auto ajuda, porque a maioria deles só fala fala, e nem o autor faz o que ele diz. Olá, meu nome é Rebeca. Nunca fumei nada. Bebo uma vez pensando que era suco de morango, o pior gosto que eu já senti. Ainda se fosse bom, mas o negócio é ruim e ainda faz mal. Quão estranhos sãos os seres humanos. Tenho dias em que quero morrer. Tudo me irrita, tenho uma tpm fortíssima, mas tenho certeza que alterar o meu metabolismo não ajudaria em nada. Os resultados que duram aparecem a longo prazo, se você vive de imediatismo...não conte com o seu futuro. Talvez você sequer o tenha.
São 2:15 da manhã. Gabriel Palmés, meu amor. A culpa desse texto é toda sua (:



Gente, eu não sou drogado, nunca usei drogas e nem nada, a Rebeca só fez esse post porque eu bebi um pouquinho no David Guetta a Rebeca iniciou com esse assunto e depois deu continuidadeao assunto e deu no que deu, mas eu NÃO SOU DROGADO hahaha (Rebeca meu amoooooor muito bonito o que fez né huuuun, KKKK lindaaaa te AMOOOOO) (Gabriel Palmés aqui)

17 comentários:

Bruno Campos on 12 de novembro de 2010 06:00 disse...

Outra Bela postagem Rebeca =D ! de onde tira tanta imaginação e sabedoria ?

O Variado on 12 de novembro de 2010 14:04 disse...

Nossa, texto muito bom Rebeca (:
Embora eu beba, acho que quem bebe se achando "O Foda" faz um papelão RIDÍCULO !

Jonathan Cassian on 16 de novembro de 2010 09:57 disse...

"Jogar video game desestressa"

BOM DEMAIS!
AHAHAHA!

Aí Rebeca! Encontrei seu blog na comunidade de Ateísmo do Orkut.
Legal seu texto =)
Faço Ciência da Computação na Unioeste (Cascavel/PR).
Como percebi que você ama Matemática, gostaria de poder conversar sobre coisas do curso, trocar idéias da tua área e conversar coisas em comum aos nossos cursos.
Meu MSN: jonathan.cassian@gmail.com
Abração!
;)

Daniel on 16 de novembro de 2010 11:08 disse...

Bem, pelo conteúdo do texto e o final explicitante, percebi que seu texto foi quase que totalmente por razões pessoais, então por isso não vou levar em consideração as generalizações e certas coisinhas... Mas bem.. eu felizmente dificilmente já vi jovens começando a beber pra se acharem "fodas", eu mesmo comecei a beber por curisodade e bem, hoje eu confesso que eu gosto. Eu gosto de cerveja, amo vodca ainda mais em drinks, que eu até aprendi a fazer vários. Você pergunta o sentido que as pessoas vêem em beber... Isso é algo extremamente relativo, e você nunca vai ter uma resposta coesa porque envolve muita coisa. É como perguntar.. porque as pessoas comem no McDonalds e entopem suas artérias e consumem calorias que não irão queimar depois? Qual o sentido de ficar assistindo Big Brother alienando e não acrescentando nada a sua mente? Qual o sentido disso? As respostas parecem ser simples, mas não são. Envolvem vários fatores de vários lados da sociedade. A resposta ao sentido de beber, vem até de história... o alcool tá presente na vida da sociedade humana desde o antigo egito ou além. Alcool, assim como qualquer outra droga (inclusive os medicamentos que você citou no texto) tem seu lado ruim e seu lado bom. No caso, o lado ruim do alcool é realmente muito grande. Mas não sendo esse o caso no seu texto, não vou mencionar isso. Você mencionar futuro de "resultados" para as pessoas que bebem, é uma suposição, então também não vou mencionar isso.
O ponto é... o alcool é uma droga legalizada, e nunca será proibida porque tem um mercado fortissimo, faz parte da sociedade mundial, e vai ser a causa de festas, e tragédias no mundo todo dia. Muitas pessoas usam esse tipo de coisa para esquecer problemas, outras para tentar morrer aos poucos, mas eu não vou julgar nenhuma delas, e muito menos culpar o alcool pela situação de cada uma. As pessoas deveriam enxergar seus problemas de outras formas, buscar a saida mais certa, mesmo sendo a mais dificil, mas eu não to na pele delas pra ver o problema como elas vêem, então... Só posso dizer que cada caso é um caso. Mas como eu disse no inicio, acho que seu texto foi direcionado a uma certa pessoa que bebe para se mostrar, espero que de repente ela encare seus problemas de outra forma agora. Parabéns pelo texto e avoir =)

Rebeca Chuffi on 16 de novembro de 2010 13:29 disse...

Olá Jonathan ! Adicionado, acho que teremos ótimas discussões. Tenho uma matéria chamada " Introdução a Ciência da Computação" . Confesso que não é a matéria mais animadora pra mim, mas estou pegando o jeito (:.

Senhor Daniel, haha. Sim, teve motivações totalmente pessoas. Acho o seguinte, como no meu caso. Rebeca, porque você come miojo todo dia? Eu não saberia dizer porque, eu simplesmente gosto e pronto. Tal habito pode me fazer mal, mas os efeitos não são explícitos o que faz com que eu não ligue para eles. Pessoas que bebem porque gostam do gosto, gostam de apreciar, independente do que causa, porque não é um exagero, tudo bem. É até compreensível, porque apesar de não haver resposta racional é um gosto. [ Por falar em gosto, eu fico intrigada em relação a esse assunto. Gosto, porque algumas pessoas gostam de algo e outras não? enfim.] Agora, muitas pessoas entram nessa, por 'modinhas' de momento, nem sequer gostam mas fazem não sei porque e não entendo. Talvez haja um motivo que só quem está vivendo entenda, aí está além da minha capacidade de percepção(: Ah, desculpe a demora, o tempo está correndo de mim aqui. Beijos ;*

Caio Assumpção on 16 de novembro de 2010 14:25 disse...

se você perde dinheiro você perde o passado, se você perde a vida, você perde o futuro.
rebeca, eu ja te adicionei no orkut, mas lá nao parece um bom lugar pra discutir essas coisas, se você pudesse me adicionar no msn, eu gostaria de falar com você sobre temas como os que você fala aqui no seu blog
caioassumpcaos@hotmail.com
se alguem mais estiver interessado pode adicionar tbm...
e mais, parem de pensar que a idade influencia muito nas idéias, digo isso porque tenho 15 anos e MUITA gente tira pré conclusões, isso tambem é preconceito ;]

Anônimo disse...

Senhorita Rebeca, parabéns pelo blog vc se expressa muito bem! Achei esse site pelo seu comentario no humorateu.

Achei mais interessante ainda vc demonstrar seu ateismo! É bom ver mais e mais pessoas fazendo isso, assim quem sabe as pessoas que se "escondem" ou nao se expressam por medo ou simplesmente por comodidade, comecem tambem a se expressar e quem sabe assim teriamos algumas mudancas nesse "dominio" religioso.

Enfim, espero que possamos trocar umas ideias ou algo parecido. Mais uma vez parabéns pelo blog!

PS: nao comentei com nome, porque nao tenho nenhuma conta no google...

Ass: Roger Machado

Rony P. on 22 de novembro de 2010 12:12 disse...

Me desculpe, mas algumas idéias suas são muito infantis, principalmente no que diz respeito à felicidade e à vida. Quem disse que viver 100 anos é melhor que viver 50? Quem disse que todos temos que ser felizes? Você recorre à máxima de que uma vida saudável e feliz seja o correto. Espera aí, correto? Quem disse que há certo e errado no modo de viver a vida? Há formas e formas de se viver, uma diferente da outra, mas não há hierarquização entre elas. Se eu fumo e bebo, provavelmente vou ter menos tempo de vida que alguém que se alimente com uma nutrição balanceada, que faça exercícios físicos e todo o resto, mas minha vida vai ser pior por que vai ser mais curta? Eu acho que você tem que estudar alguns tópicos como a idiossincrasia no pensamento existencialista. E deixo mais uma dica, evite máximas, conceitos absolutos. "Toda unanimidade é burra"
Até mais,
rony

Rebeca Chuffi on 22 de novembro de 2010 14:39 disse...

Olá Rony, é o seguinte, a vida e a felicidade são subjetivos demais para terem uma única interpretação ou conceito. Eu falo e só poderia falar de acordo com o meu conceito e com a realidade da qual eu faço parte. Não li muitos livros de filosofia, a maioria das coisas que eu falo vem de uma análise pessoal, que infantil ou não, é uma realidade pra mim. Quanto ao conceito de felicidade, você pode dizer que pra você ser feliz é não ser feliz. Que pra você ser feliz é beber. Que você vai ser feliz mesmo que morra aos 50 curtindo a vida da forma que você entende. Compreendo, volto a dizer, é algo totalmente subjetivo, no qual o modelo conceitual não se encaixa. Mas aqui nesse texto, eu levo em consideração que as pessoas realmente buscam a felicidade, pois isso é um senso " comum", buscar a felicidade, ter saúde, viver bem. Clichê? totalmente, mas é o que eu sempre escuto e o que eu quero pra mim. Acho que há outras formas de ser feliz, sem que isso te leve para outra realidade, que eu acredito que sejam mais vantajosas para que você viva a SUA VIDA, não uma vida imaginária, sabe? Mas, realmente não há verdades e quem sou eu para julgar. Esta é apenas uma opinião de acordo com o lado do mundo que eu tenho contato. Talvez, um dia, eu perceba o quão equivocada eu estive ao escrever isso. Talvez, mas a busca pela sua verdade, independente de qual ela seja é um dos meus objetivos de vida, é gratificante saber que você pensa coerentemente com o que você vive ! Obrigada pelo comentário,
Rebeca Chuffi

Rony P. on 23 de novembro de 2010 14:13 disse...

Eu iria começar uma discussão sobre o que é ou não real, mas tô sem tempo, a faculdade acaba com sua vida :S
Anyway, gostei muito da sua resposta, os latinos não costumam aceitar críticas de forma amistosa, você realmente me surpreendeu :)
Boa sorte com o blog e saiba que vou visitá-lo de vez em quando :D
até mais,
rony

Anônimo disse...

engraçadinho os seus posts, porém me responda algumas perguntas.
qtos anos vc tem?? qual a sua experiência de vida?
o que é divertido pra você?? e quais atitudes fazem sentido??
qual o pior problema ou situação que você teve que resolver??
a mim parece apenas que vc é uma menininha que nasceu em familia boa, nunca teve que realmente ralar pra ter as coisas e se acha toda intelectualizada. pode até não fazer sentido beber ou usar drogas, mas se achar superior aos outros por não fazer isso tb não faz.
vc parecer ser apenas mais uma pobre menina rica que conhece muito pouco do mundo e que adora julgar os outros, porem odeia ser julgada.

Rebeca Chuffi on 25 de novembro de 2010 20:31 disse...

Você me interpretou mal. É claro que falar é bem mais fácil do que realmente viver essa situação, e não é fácil controlar, conter-se quando a situação está ruim, só acho que há outras formas de extravasar. Em momento nenhum falei que eu era superior, porém se o meu texto induziu a esse pensamento, não foi a ideia que eu quis passar. É o seguinte, eu posso ter 'apenas' 17 anos, mas eu já vivi muitas coisas. Pode até não parecer, mas é verdade. Não estou julgando ninguém apenas demonstrando a minha opinião sobre o assunto, de drogas em geral, porque eu realmente acredito que haja formas melhores de resolver os problemas. Fugir de problemas não me atrai nenhum pouco, porém há problemas bem mais difíceis que eu nunca senti na pele e talvez nem sinta, é claro. Mas de acordo com o que eu tenho contato, que é o que eu posso analisar é isso. Rica? Posso te garantir que não. Mas essa não é a questão aqui. Um morador de rua, passando necessidades, vê na droga a única saída de sobrevivência até. É a única saída dele na presente situação, mas tem pessoas que tem escolha, escolha que só depende da força de vontade de cada um de não entrar num vício. Tem pessoas que bebem porque gostam do gosto, ótimo. Você me julgou totalmente errado e eu não me importo com críticas, contanto que elas sejam sensatas, eu não me acho a inteligente, se não eu nem responderia isso aqui. Agora uma coisa eu digo, é muito fácil falar, falar e não dar a 'cara' para receber a 'resposta' também. Da próxima vez me diga que é você, gosto de falar com pessoas.

gameiro_writer on 28 de novembro de 2010 15:54 disse...

Concordo contigo em muitos aspectos e discordo em alguns :)
Gostei muito do texto, bem articulado e amplo.
Sucesso na Matemática na Unb haha ;D
Gabriel Gameiro.

Rebeca on 28 de novembro de 2010 16:11 disse...

Achei bem interessante esse assunto. Sair um pouco do quesito religião, afinal, o que não faltam na vida são assuntos para serem discutidos née. Concordei com muitas das coisa que você disse, só achei que você deu muitas voltas. Mas enfim, seu texto foi muito bom e você se expressa muito bem. (:

Anônimo disse...

Concordo que há pessoas que não fazem por merecer uma vida melhor.Mas generalizar todas não é bom.Falar sobre suicídio é um pouco complicado,entender o que se passa na mente humana,até hoje não temos um "mapa" de como as coisas acontecem ou deixam de acontecer.Não devemos ignorar as doenças psiquiátricas.Muitas vezes essas pessoas que vc julga "fracassadas" ou "incapazes de resolver seus próprios problemas" podem,na verdade estarem precisando de ajuda,e não de lições de moral.Experiência própria,pois desenvolvi uma depressão,já tentei o suicídio,e tive de aturar meio mundo dizendo que o que eu tenho não passa de frescura.Não é fácil.Se não teve a mesma experiência,não julgue.Não estamos aqui para "medirmos o sofrimento alheio" isso é ridículo.

Rebeca Chuffi disse...

A intenção não foi generalizar, como já disse em comentários anteriores a postagem tem um motivo para acontecer. Obrigada pelo comentário (:

Panico no Circo on 9 de junho de 2011 07:15 disse...

Olá Rebeca,

Esse post foi... meio decepcionante se comparado com o resto do blog.
Desculpa Chuffi, mas nem parece ser você mesma escrevendo. Assim como muitos religiosos que você tanto critica sua interpretação do uso de drogas e bebidas é simplista, generalista e sem ofensas (me perdoe)... muito ingênua.
Você julga logo de cara, critica e generaliza demais sem conhecimento do asunto. Gosto do seu blog, por isso digo que ESTE post foi decepcionante (continuo gostando do blog).

Pessoas alteram a consciencia somente para fugir de problemas?
Vou ser mais feliz se não usar drogas ou bebida?
Vou viver mais tempo se não fumar ou beber?
Vida real e vida imaginária???
Serei mais feliz se tiver meu pulmão mais limpo?
Viver até os 100 anos é bom?
Todo mundo que bebe, fuma ou usa drogas é fraco e babaca?
Todo suicida é covarde? (tenho um post sobre isso no meu blog)

São tantos pré conceitos que infelizmente não tenho paciencia/tempo para discutir todos por escrito.

Concordo em criticar quem bebe ou fuma por modinha ou "porque sou foda", mas o assunto da alteração de consciencia é muuuuuuito mais profundo do que isso.
O texto foi muito ingenuo, mas você está apenas expressando sua opinião, talvez julgando um pouquinho demais para quem sabe um pouquinno de menos (sobre o assunto em questão). (não fique brava comigo)

Adoro assuntos polêmicos e adoro discutir diferenças de opiniões com quem sabe discutir. Apesar desse post ter alguns preconceitos, pelo que li no resto do blog, você sabe manter uma discussão em um tom educado mesmo discordando e isso é raro.
UNB? Estou sempre por alí perto. Quem sabe um dia não trocamos umas opiniões sobre assuntos polêmicos sentado em um bar na 408, bebendo... um bom suco.

Boa sorte com o blog, que já vai muito bem. É sempre bom encontrar gente que sabe discutir assuntos polêmicos.

p.s.

Estou preparando um post sobre "saber discutir assuntos polêmicos" falando como são poucas as pessoas que realmente conseguem manter uma boa discussão mesmo discordando do parceiro de discussão. Raríssimas.

Postar um comentário

 

Para facilitar, me chame de ateu. Copyright © 2010 Flower Garden is Designed by José Felipe for Tadpole's Notez Flower Image by Rebeca chuffi.